Quarta-feira
12 de Junho de 2024 - 

Controle de Processos

Insira seu usuário e senha para acesso ao software jurídico

Notícias

Newsletter

Confira a programação da Rádio Justiça para esta sexta-feira (25)

O programa destaca o tema racismo. Após vencer o concurso de Miss Brasil 2017, Monalysa Alcântara sofreu críticas racistas nas redes sociais. Quem comenta o assunto é a cientista política especialista em cultura afrobrasileira Juliana Souza, e também a especialista em crimes contra a honra e questões ligadas à imprensa Marcela Moreira Lopes. O Revista conta ainda com a participação do jornalista e procurador federal Pedro Beltrão, trazendo novidades da Justiça brasileira no quadro Atualidades do Direito. Sexta-feira também é o dia da participação do advogado especialista em Direito do Trânsito e do Transporte Rosan Coimbra. Sexta-feira, às 8h. O Reclame Aqui assinou termo de cooperação com o Ministério Público de Goiás que pretende garantir ao órgão o acesso ao banco de dados do site com informações sobre as reclamações dos consumidores em relação às empresas do estado. A parceria tem validade de cinco anos e vai permitir que o MPGO dê prosseguimento, com mais agilidade, às eventuais medidas cabíveis. O programa destaca essa iniciativa e explica como os consumidores podem usar a plataforma para pesquisar empresas e garantir seus direitos. Sexta-feira, às 13h. O Justiça na Tarde volta a falar sobre trabalho escravo. Em recente declaração na Comissão de Direitos Humanos do Senado, o chefe da Divisão para Erradicação do Trabalho Escravo do Ministério do Trabalho, André Roston, afirmou que a fiscalização contra trabalho escravo está parada. Isso porque não houve a liberação de R$ 10 milhões que haviam sido prometidos para o setor de fiscalização e combate a essa prática. Para falar sobre persos aspectos que envolvem o crime de submeter alguém a condições análogas à escravidão, o programa recebe a participação de persos especialistas em um debate ao vivo. Sexta-feira, às 14h10. A 5ª Turma do Tribunal Superior do Trabalho condenou o Consórcio Construtor Belo Monte a indenizar um trabalhador em R$ 5 mil por tê-lo demitido depois de um protesto. O operador de veículos pesados e outros trabalhadores haviam se manifestado por melhores condições de trabalho e segurança no canteiro de obras da hidrelétrica. Para os ministros, essa dispensa foi discriminatória. O programa debate os aspectos sociais do direito de protestar e os aspectos trabalhistas da questão em entrevistas com especialistas. Sexta-feira, às 17h. – Anunciando a falência Alceu é dono de uma tapiocaria que só dá prejuízo. Assim, o cunhado dele, Gervásio, teve a ideia de chamar o Darci, um publicitário bem excêntrico, para ajudar os dois a aumentar as vendas do lugar. Só que os métodos que Darci usa para fisgar a clientela são bastante questionáveis, como denegrir a imagem de outros restaurantes. Ouça a radionovela em persos horários e versão compacta aos sábados e domingos, às 20h30. A Rádio Justiça é sintonizada em 104,7 FM no Distrito Federal e pode ser ouvida pelo site www.radiojustica.jus.br. Siga a Rádio Justiça pelo Twitter no endereço http://twitter.com/radiojustica. Fonte: Rádio Justiça
24/08/2017 (00:00)
Visitas no site:  2892378
© 2024 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia

Contate-nos

Rua Uruguai,  987
-  Centro
 -  Itajaí / SC
-  CEP: 88302-203
Pressione as teclas CTRL + D para adicionar aos favoritos.